131862643937903

FAQ (Dúvidas Frequentes)

O PROBIÓTICO NÃO VAI ESTRAGAR ATÉ CHEGAR EM MEU ENDEREÇO?

Não. Fique tranquilo! Nossa cultura inicial (Starter), tem validade de até 30 dias fora de refrigeração. Nossos probióticos são enviados de Fortaleza - CE e seguem para qualquer parte do Brasil e NÃO correm risco de estragar, contaminar ou deteriorar, já que utilizam um moderno e seguro processo de DESIDRATAÇÃO em estufas de ar e rigoroso controle higiênico-sanitário, desde a qualidade da matéria-prima (Starter saudável e produtivo, leite, açúcares, recipientes, utensílios, processos, ambiente climatizado, refrigeradores exclusivos, entre outros), embalados em saco plástico estéril, dupla e hermeticamente fechado e identificado individualmente. Para os Starters de Kombucha e Jun, enviamos HIDRATADOS contendo 10% do líquido fermentado anteriormente, visando a manutenção da integridade do Scoby vivo e produção acelerada da primeira fermentação.

QUAL A QUANTIDADE DE PROBIÓTICO ENVIADA?

A quantidade enviada é suficiente para fazer, INICIALMENTE, durante as primeiras semanas, 1 porção média de 250 a 300 ml de Iogurte ou Bebida Fermentada OU 1000 ml (1 litro) no caso de Jun ou Kombuchá (Bebidas fermentadas). Com a continuidade do cultivo, será possível produzir infinitamente na quantidade que desejar, de acordo com o aumento ou duplicação da colônia-mãe (Kombucha e Jun). Em quantidade de gramas, geralmente envia-se de 5g a 10g, dependendo do probiótico. Essa porção parece pequena, mas no processo de desidratação há uma perda natural de líquido, em torno de 80%, restando cerca de 20% de composto sólido para reidratação. Uma analogia factível é como ocorre no leite em pó, que precisa de água para hidratação. Desse modo, a porção enviada nunca será igual à porção 'in natura', necessitando então hidratar para que, aos poucos, tomar a sua forma natural.

EM QUANTOS DIAS CHEGA A ENCOMENDA?

O prazo de entrega para qualquer região do Brasil é de no máximo, 13 dias úteis após a confirmação do pagamento. Enviamos no formato CARTA REGISTRADA URGENTE. Não enviamos PAC, SEDEX ou PAGAMENTO NA ENTREGA. Não há necessidade de uma pessoa no local para recebimento, nem assinatura, já que segue como uma Carta Comum. Em algumas localidades, o Correio disponibiliza para retirada na Agência mais próxima, para tanto informe-se sobre a inscrição: "Posta Restante Pedida" em sua encomenda.

QUAIS OS MATERIAIS E UTENSÍLIOS NECESSÁRIOS PARA O CULTIVO DOS PROBIÓTICOS?

ANTES da chegada do seu novo Probiótico, você deverá adquirir alguns itens e RESERVÁ-LOS, utilizando-os de forma EXCLUSIVA para o cultivo, sem outros fins culinários. Cada Probiótico tem sua especificidade e necessidade.

KEFIR DE LEITE:  * Leite Pasteurizado, Cru ou Leite UHT/Caixinha, * Copo medidor / graduado plástico, * Pote de vidro com boca larga 500ml (Nunca de plástico alumínio ou reutilizados), * Tecido fino , voal, TNT ou papel toalha  (Deve permitir a passagem de  ar), * Colher de plástico, aço inoxidável ou silicone (Evite  madeira, metal ou alumínio), * Elásticos (Para prender na borda do recipiente), * Peneira de plástico  ou alumínio (Deve ser de malha mais fina possível), * Recipientes com tampa para armazenar o leite fermentado (vidro ou plástico). 

KEFIR DE ÁGUA: * Água Mineral, preferencialmente (Filtrada ou Poço, verifique higiene), * Açúcar Mascavo ou Açúcar Demerara (Melado ou Rapadura, avaliar procedência), * Copo medidor ou Copo graduado de Plástico, * Pote de vidro com boca larga 500ml (Nunca de plástico alumínio ou reutilizados), * Tecido fino , voal, TNT ou papel toalha  (Deve permitir a passagem de  ar) , * Colher de plástico, aço inoxidável ou silicone (Evite madeira, metal ou ferro), * Elásticos (Para prender na borda do recipiente), * Peneira de plástico  (Deve ser de malha mais fina possível), * Recipiente de vidro com Tampa para armazenar o fermentado. 

KOMBUCHA TRADICIONAL: * Água Mineral, preferencialmente (Filtrada ou Poço, verifique higiene), * Açúcar Demerara ou Açúcar Cristal (Evite Açúcar Mascavo), * Chá Preto ou  Chá  Verde (Embalagem com 10 pacotinhos), * Vinagre de Maçã (2 colheres de sopa, apenas para 1ª fermentação), * Copo medidor ou Copo graduado de Plástico, * Pote de vidro com boca larga 2 litros (Nunca de plástico ou reutilizados), * Tecido fino , voal, TNT ou papel toalha  (Deve permitir a passagem de  ar), * Colher de plástico, aço inoxidável ou silicone (Evite madeira, metal ou ferro), * Elásticos (Para prender na borda do recipiente), * Peneira de plástico ou alumínio  (Deve ser de malha mais fina possível), Garrafas Pet com tampa (Evitar vidro, pelo risco de explosão pela carbonatação). 

KOMBUCHA DO HIMALAIA: Mesma listagem do Kombucha Tradicional, exceto Açúcar que deve ser o Mascavo; Trocar o Chá por Suco de Laranja Natural  (Depois da 1ª fermentação será possível variar o sabor). 

JUN: Mesma listagem do Kombucha Tradicional, mas trocar o Açúcar por Mel Puro. 

IOGURTES INFINITOS (Amasi, Bulgaricus, Buttermilk, Cáspio, Filmjölk, Langfil, Piima, Skyr, Viili, Yonah Schimmel): * Leite Pasteurizado, Cru ou UHT/Caixinha, * Copo medidor / graduado plástico, *Pote de vidro com boca larga (Nunca de plástico alumínio, inox ou reutilizados), *Tecido fino , voal, TNT ou papel toalha  (Deve permitir a passagem de  ar), *Colher de plástico, aço inoxidável ou silicone (Evite  madeira, metal ou ferro), * Elásticos (Para prender na borda do recipiente), * Filtro de café (papel ou poliéster) + Porta  Filtro, * Recipientes com tampa para armazenar o leite fermentado (vidro ou plástico).

MEU PROBIÓTICO ESTÁ COM UM ASPECTO ESTRANHO, DIFERENTE DO QUE VEJO EM FOTOS. O QUE ESTÁ ACONTECENDO?

Todos os probióticos desidratados ou semi-desidratados apresentam durante o período completo de ativação até 30 dias, características visuais, olfativas e gustativas DIFERENTES das observadas quando in natura, como, por exemplo: coloração amarelada, escura, tamanho reduzido, baixa taxa de crescimento, sabor mais ácido, não aderência inicial das colônias, cheiro levemente mais forte; mofo branco ou pardo, película aderente à superfície (Probióticos à Base de Água). Essas características são completamente NORMAIS, e aos poucos seu probíotico tomará a forma natural. Antes de enviar sua dúvida ou relatar alterações duvidosas e principalmente 'jogar fora' a sua cultura, procure-nos, seguindo sempre as instruções do Manual de Cultivo para obter os resultados desejados.

MEU KEFIR NÃO ESTÁ CRESCENDO, MULTIPLICANDO, MESMO SEGUINDO AS INSTRUÇÕES DO MANUAL DE CULTIVO.

A multiplicação ou crescimento dos grãos acontece de forma natural e gradativa e isso é um processo lento, já que se tratam de microrganismos vivos, que interagem com o clima, líquidos, nutrientes, utensílios, tempo de fermentação, entre outros fatores. É preciso respeitar a biologia das cepas bacterianas, lembrando que o aspecto 'in natura' é diferente do desidratado, que requer um tempo maior de adaptação, pois, os grãos sofreram um redução de líquido e necessitam de atenção e cuidado contínuo. As colônias crescem sim, observe com atenção e não tenha pressa disso, já que o importante no cultivo e ativação é a formação do IOGURTE ou BEDIDA FERMENTADA. Ou seja, se seu cultivo está frutificando desse modo, ele está dentro dos padrões normais.

QUAIS AS DIFERENÇAS ENTRE O KEFIR DE LEITE E O KEFIR DE ÁGUA? Siglas: KL (Kefir de Leite), KA (Kefir de Água)

Clique aqui e faça o DOWNLOAD de nosso Informativo gráfico em PDF.
 
QUAL A DIFERENÇA ENTRE O KEFIR E OUTROS PROBIÓTICOS À BASE DE LEITE (Iogurtes Infinitos)?

Basicamente as diferenças são:ASPECTO e FORMA DE CULTIVO. No Kefir de Leite ou Kefir de Água observamos GRÃOS que crescem continuamente, precisam ser peneirados e requer um controle contínuo da quantidade de GRÃOS versus quantidade de LÍQUIDO para equilíbrio do sabor. Já os IOGURTES INFINITOS (Amasi, Bulgaricus , Buttermilk , Cáspio, Filmjölk, Langfil , Piima , Skyr, Viili, Yonah Schimmel) não contém grãos, isso porque o próprio líquido, rico em microrganismos (lactobacilos), fermenta o leite. Reserva-se uma porção fermentada e completamos com leite para nova fermentação. Não há crescimento físico das colônias, ou seja, não se observa o AUMENTO ou FORMAÇÃO de grãos como acontece no Kefir.

 

QUAL A DIFERENÇA ENTRE OS TIPOS DE KOMBUCHA?
Todos os Tipos de Kombuchá utilizam basicamente o mesmo componente para Fermentação: O SCOBY. No entanto, o Kombuchá Tradicional é cultivado em Chá Preto ou Verde + Áçúcar Mascavo, o Kombuchá do Himalaia é cultivado em Frutas + Açúcar Mascavo e o Jun é uma adaptação do Kombuchá Tradicional, mas cultivado em Chá Preto ou Verde + Mel.

QUAL O MELHOR PROBIÓTICO À BASE DE LEITE?
Para facilitar, criamos alguns TÓPICOS dos principais pontos:

ACIDEZ / SUAVIDADE (Iniciando sempre do mais suave ao mais forte)À Base de Leite: Langfil, Yonah Schimmel, Caspian, Skyr, Viili, Filmjolk, Buttermilk, Piimä, Bulgaricus e AmasiÀ Base de Água: Jun, Kombuchá, Kefir de Água. KEFIR DE ÁGUA ou KEFIR DE ÁGUA: O controle de acidez se dá manualmente, de acordo com as variáveis: a) quantidade de grãos b) quantidade de líquido e c) tempo de fermentação.

CUIDADOS / CULTIVOÀ Base de Leite: O Kefir de Leite utiliza grãos para ser cultivado e crescem continuamente, necessitando de  doação regular ou congelamento (backup ou doação futura). Já os demais são 'iogurtes infinitos' não tem grãos e não aumentam / crescem, ou seja, o próprio líquido contendo os microrganismos fermenta o leite, bastanto reservar uma porção e completar com leite para fermentar novamente. À Base de Água: Para o cultivo, o Kefir de Água segue os mesmos protocolos do Kefir de Leite. Já o Kombuchá e o Jun requerem trocas a cada 7 ou 15 dias, dependendo da fermentação desejada. De um modo geral, TODOS são de fácil cultivo e aprendizado, basta ter um pouco de tempo, dedicação e estamos à disposição para auxiliá-lo com cada um deles!

BENEFÍCIOS NUTRICIONAIS: De forma geral, os benefícios comprovados do uso regular de probióticos naturais, independente à base de leite ou à base de água são: * Equilíbrio da flora intestinal, * Melhoria na função de digestão dos alimentos, * Eliminação de alguns patógenos (bactérias causadoras de doenças), * Colonização do intestino com bactérias benéficas (probióticas) e * Aumento do sistema imunológico. IMPORTANTE! Alegações de saúde adicionais com o consumo de probióticos naturais, tais como: "prevenção, tratamento ou cura de doenças", requerem estudos aprofundados e sérios. Sendo assim, avalie sua necessidade de consumir com os reais benefícios já confirmados na literatura científica, sempre sob orientação de seu Nutricionista ou Médico, para não gerar falsas expectativas. Não acredite em textos, vídeos ou imagens que atribuam uma listagem com imensos benefícios, seja do Kefir e de outros Probióticos.Cuidado!

QUAIS OS TIPOS DE LEITE PODEM SER UTILIZADOS NOS PROBIÓTICOS À BASE DE LEITE? (Kefir de Leite, Skyr, Iogurte Cáspio, Filmjölk, Viili, Bulgaricus, Amasi, Buttermilk, Piima, Langfil, Yonah Schimmel).

Todos os Probióticos à Base de Leite DEVEM ser cultivados com leite de origem ANIMAL, que contenha LACTOSE, como: leite de vaca, leite de búfala, leite de cabra ou leite de ovelha. A versão UHT (Ultra High Temperature), comumente chamado de 'leite de caixinha' pode ser utilizado, no entanto, sabe-se que o teor nutricional é menor já que devido a alta temperatura para eliminação de patógenos, nutrientes importantes são exterminados. O LEITE PASTEURIZADO (Leite Tipo A) é a mais indicada e tem sua vantagem no sabor e em menor agressão do leite, devido a sua temperatura controlada que mantém a integridade de vários nutrientes, em especial vitaminas hidrossolúveis do complexo B. As versões Integral, Semidesnatado ou Desnatado também podem ser utilizadas, bem como o Leite Cru (de fazenda), sempre fervido e aguardando temperatura ambiente para adicionar ao cultivo / fermentação. O LEITE EM PÓ pode ser utilizado, mas nunca do tipo 'vitaminado', 'fortificado', já que alguns tipos de minerais como o Ferro, em excesso, podem afetar a saúde das colônias e lembrando sempre de respeitar a diluição recomendada na embalagem do produto. A versão SEM LACTOSE ou  LEITES VEGETAIS (Amêndoas, Arroz, Aveia, Coco, Macadâmia, Nozes, Soja) não pode ser usada, pois não alimenta as colônias.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE O LEITE PASTEURIZADO E O LEITE UHT PARA A PRODUÇÃO DE IOGURTES PROBIÓTICOS?
No processo de PASTEURIZAÇÃO, o leite é elevado a temperaturas de 70°C por 15 segundos e logo em seguida refriada para 4°C. Esse choque térmico elimina a maioria dos microrganismos nocivos já presentes no leite, mas poupa uma boa parte dos probióticos (lactobacilos vivos) que ajudam a regular a flora intestinal. No processo UHT (Ultra Heat Treatment), o leite é elevado a temperaturas de quase 150°C, o que esteriliza totalmente o leite. Isso tem suas vantagens e desvantagens, visto que apesar de permitir que o leite tenha uma validade maior, de meses, o UHT elimina todos os probióticos que a pasteurização mantém em parte. Tanto o leite pasteurizado quanto o UHT perdem nutrientes e vitaminas importantes, mas essa perda é bem maior no UHT quando comparado ao leite pasteurizado.

QUAIS OS TIPOS DE LÍQUIDOS PODEM SER UTILIZADOS NO KEFIR DE ÁGUA?

O Kefir de Água DEVE ser cultivado em ÁGUA ou opcionalmente em outros LEITES VEGETAIS (Amêndoas, Arroz, Aveia, Coco, Macadâmia, Nozes, Soja), cultivando normalmente com açúcar mascavo + Água ou Leite Vegetal. Mas ATENÇÃO: Apesar de muito difundida, sugerimos CAUTELA quando da utilização de outro líquido, que não a ÁGUA para a fermentação do Kefir de Água, já que ocorrerão alterações diversas nas cepas bacterianas e na fermentação, influenciado de forma ainda não elucidada 100% na literatura científica como benéfica ou não para as colônias ou de propriedades nutricionais / funcionais comprovadas. Além disso, a adaptação deve ser BEM ORIENTADA, com reserva de grãos adicional, caso as colônias não produzam o esperado ou então morram. Sendo assim, NÃO DAMOS GARANTIA nesse processo, já que a recomendação premium é utilizar ÁGUA + AÇÚCAR MASCAVO na fermentação, que sempre foi a essência desse Probiótico.

QUAIS OS TIPOS DE AÇÚCAR PODEM SER UTILIZADOS? (Probióticos á Base de Água)
Para o cultivo de Probióticos à Base de Água (Kefir de Água e Kombuchá), podem ser utilizados todos os açúcares que contenham SACAROSE e não sejam fortemente refinados. Para o JUN utiliza-se MEL puro de ótima procedência e para os demais os açúcares mais indicados são: 
AÇÚCAR DEMERARA, AÇÚCAR CRISTAL ou AÇÚCAR MASCAVO. O Açúcar Mascavo ou Demerara é indicado principalmente para o Kefir de Água, que necessita de alguns nutrientes ali presentes. O  Açúcar Cristal (1a opção) e o Açúcar Demerara (2a opção) são os mais indicados para o cultivo de Kombuchá, em função da disponibilidade mais rápida de Sacarose, facilitando a alimentação, crescimento e cultivo das colônias Scoby. Também é possível utilizar RAPADURA (Produto sólido em bloco, obtido pela concentração a quente do caldo da cana-de-açúcar), MELADO (Líquido xaroposo, obtido através da evaporação do caldo da cana) ou AÇÚCAR DE COCO (Feito da seiva da palmeira de coco, apresenta leve valor nutricional acima do açúcar mascavo, mas tem custo elevado). Ambos também podem ser utilizados, assegurando sempre a melhor procedência e qualidade dos mesmos, já que podem comprometer a saúde da colônia em função de possíveis contaminações microbiológicas. NUNCA UTILIZE os seguintes açúcares para fermentação: MELAÇO (Líquido xaroposo, considerado o parente pobre do melado, é um resíduo obtido através da centrifugação da fabricação do açúcar cristal); MEL, que é composto basicamente de FRUTOSE e não alimenta as colônias (Exceto o JUN); além de açúcar branco refinado, açúcar líquido, açúcar impalpável, açúcar de confeiteiro, açúcar venille (ou baunilhado), açúcar light, açúcar gelado, açúcar invertido (trimoline), glicose, glucose, edulcorantes / adoçantes artificiais (Stévia, Sucralose, Ciclamato, Sacarina, entre outros), Maple Syrup, xarope de milho (Karo), xarope de arroz integral, malte de cevada, agave. ATENÇÃO! Adquira sempre os açúcares recomendados de melhor QUALIDADE, pois isso impacta diretamente na produção do seu fermentado, na saúde e melhor manutenção da colônia. Adquira sempre a mesma MARCA e continue o cultivo com essa regularidade.

QUAIS OS TIPOS DE ÁGUA PODEM SER UTILIZADOS? (Probióticos á base de Água)

Águas PERMITIDAS: Origem (Mineral, Filtrada caseira); Água de Poço ou Bica (Avaliar procedência).
Águas NÃO PERMITIDAS: Salobra, Deionizada, Destilada, Termal, Radioativa,  Alcalina, com  Gás, Torneira fervida.

QUANTO TEMPO UMA CULTURA PROBIÓTICA PRONTA OU EM PREPARAÇÃO PODE FICAR ARMAZENADA / FERMENTANDO?

Seguem os tempos de vida útil: Temperatura ambiente (Fermentando): 72h no máximo. Períodos acima podem comprometer a saúde e vida das colônias, devido à ausência de alimento e alto teor de acidez.  Em refrigeração entre 4oC a 12oC (Maturação / Conservação): Até 10 dias. Congelado abaixo de 0oC: 6 meses.

INTOLERANTES A LACTOSE PODEM CONSUMIR KEFIR DE LEITE OU PROBIÓTICOS À BASE DE LEITE?

Apesar da redução no teor de lactose por meio da fermentação, os probióticos NÃO estão isentos do açucar do leite (lactose), substância não digerida por intolerantes à lactose. Para reduzir o teor de lactose, são necessárias fermentações acima de 72h, sendo que muitas vezes o fermentado já está impróprio para consumo devido ao seu alto índice de acidez. Numa fermentação normal de 24h ainda existirá lactose na composição, podendo causar algum tipo de reação em determinadas pessoas, de acordo com seu grau de sensibilidade. É possível fazer testes de tempo de fermentação até encontrar o seu grau tolerável, sem reação adversa. Para consumo seguro, consulte seu Nutricionista ou Médico ou então opte por nossos Probióticos à Base de Água (Kefir de Água, Kombuchá ou Jun).

PORTADORES DE DIABETES / DIABÉTICOS PODEM CONSUMIR KEFIR OU OUTROS PROBIÓTICOS?
O consumo de probióticos naturais não tem contra-indicações para portadores de Diabetes, no entanto, aqueles cultivados com açúcar mascavo (Kefir de Água, Kombuchá e Jun), precisam de moderação no consumo. Sugerimos no máximo 500ml ao dia, fracionado e junto a refeições ricas em fibras, visando menor impacto glicêmico. Para os demais à Base de Leite, consumir puro, com frutas, adoçante de sua preferência. Procure sempre o seu Nutricionista ou Médico em caso de dúvida.

GESTANTES E NUTRIZES PODEM CONSUMIR KEFIR OU OUTROS PROBIÓTICOS?
Não há contra-indicações, mas consulte sempre o seu Nutricionista ou Pediatra em caso de dúvida. Prefira alternativas mais naturais como os probióticos, já que muitos Médicos preferem prescrever medicamentos alopáticos para prisão de ventre, aumento de imunidade, entre outros. Indique nosso Site a ele e converse sobre seu interesse.

CONTÉM TRAÇOS DE GLÚTEN OU SOJA. Naturalmente NÃO estão presentes nos probióticos, mas por serem manipuladas em ambiente próximo a essas substâncias, alguns intolerantes, celíacos ou alérgicos podem apresentar reações indesejáveis.

Pague com
  • Depósito Bancário
  • MercadoPago
  • Bcash
Selos
  • Site Seguro

Probióticos Brasil - CPF: 192.285.098-56 © Todos os direitos reservados. 2017